E a escola? Mães Adolescentes!

Eu peguei minha licença maternidade antes, 2 meses antes de acabar as aulas e pela lei nós temos 3 meses de licença maternidade. Sabia que quando o Murillo nascesse eu iria ter que voltar com apenas 1 mês para a escola. E para "minha sorte", ele nasceu em 27 de Dezembro de 2010. Fiquei com ele até ele completar 1 mês e quando voltam as minhas aulas, 27 de Janeiro de 2011. 

O primeiro dia de aula foi o pior da minha vida, eu ainda amamentava ele, meu peito duro, quase vazando na blusa na escola, doía muito o que já aumentava a dor de deixar ele em casa, tão novinho! Uma tia do Rapha que cuidava dele para mim. Mas eu não podia deixar passar a oportunidade de não me atrasar na escola, tinha quem cuidasse e que eu confiava muito, e havia conseguido terminar o 2º colegial, era o ÚLTIMO ANO, e antes de ter que voltar, eu pensava: "Vai passar rápido! Eu nem vou ver!"

Na primeira semana eu mais faltei do que fui, não dava para deixar ele casa, mesmo muito novinho era horrível gente! Mas ai eu já comecei a me prejudicar, perdi muita matéria, trabalho e etc. Não tava acompanhando nada, voltei a ir sempre, e ai surgiu a Depressão Pós-Parto, eu vou contar um pouco mais para vocês no próximo post, ok? 

Um dos meus maiores medos, era que ele não me reconhecesse como mãe, que sei lá gostasse mais das outras pessoas, que estavam mais presentes com ele sabe? E quase ao mesmo tempo que eu voltei a estudar, eu voltei a trabalhar, eu também precisa ajudar a minha mãe, ela precisava MUITO de mim e minha irmã também, então resolvi voltar. 

Estava ficando cada vez mais triste, cada vez mais estressada, muitas brigas e realmente eu não tinha vontade de fazer nada. Assim fiquei acho que 1 mês em casa, porém, eu tinha uma vantagem minha irmã era da minha sala e me passava tudo, fazia trabalhos em meu nome, se não fosse ela. NOSSA!

Voltei depois de 1 mês em casa, com um TCC para fazer, para entregar quase em cima da hora e eu não tinha nada, com milhões de provas e trabalhos e também tendo que trabalhar a tarde e cuidar do bebê. 
Me organizei, fiz tudo, dividi o meu tempo para dar atenção para todo mundo, me livrei da culpa que só eu podia ficar com o meu filho, e VOLTEI A VIVER!

Conclui o colégio junto com a toda a minha turma que me acompanhou desde a pré-escola alguns, me emocionei muito na apresentação do meu TCC, quando o Murillo me viu no palco e gritou "MAMA" quase não consegui apresentar. Sofrio muito de ficar longe dele por 1 ano. 

Como vocês sabem, eu sou autora do blog Jovem Mãe desde que engravidei venho compartilhando, muitas histórias do dia a dia e alguns do meus medos e conquistas por lá também, esses dias eu escrevi esse texto sobre a escola, como foi difícil terminar a escola depois que o Murillo nasceu. E como foi bom ter terminado, como é bom me dedicar aos estudos e cada vez mais "me sacrificar" pelo futuro do meu filho.  

Muitas pessoas me criticaram muito, que eu estava abandonando o meu filho, que ele não iria me reconhecer como mãe e digo para vocês, foi a melhor escolha que já tomei em minha vida, o Murillo me ama muito, me reconhece como mãe, hoje 1 ano depois que terminei a escola consigo ficar com ele na parte da manhã e me dedico muito a ele todo o tempo. Fiz 3 semestres de Administração a distância, faculdade semi-presencial, foi muito difícil tomar a decisão de parar com a faculdade é um sonho para mim ter um diploma e terminar. 

Cada menina tem sua história, cada mãe tem seu pensamento, essa foi a minha experiência meninas. Quer deixar a sua opinião e sua história? Comenta e compartilha :)


18 Comentários:

  1. Nossa que relato
    acredito que foi muito difícil mesmo para você tomar a decisão, porque a gente quer ficar com eles cada vez mais né, normal surgir medos, mais o melhor de tudo que você superou, e hoje se orgulha de tudo que fez, PARABENS

    ResponderExcluir
  2. Nossa foi uma barra hein!
    Eu tive problemas pós parto e não podia cuidar muito bem do Rafa e morria de medo que ele me reconhesse.
    bjus
    http://estou-crescendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. é complicado quando eu ia pra faculdade levava Isa muitas
    vezes outra ela ficava com minha irmã
    mas é muito complicado pois acabei não terminando a faculdade
    lindo, amei ler esse relato
    bjs

    http://sermamaepelasegundavez.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Minha filha se formou junto comigo na faculdade. Não tinha com quem deixar e chegava as 11 da noite todos os dias com ele dormindo e cheia de livros.
    Foi uma barra mas venci.
    bju
    Toninha
    http://www.educar-oprimeiropasso.com/
    http://toninha-ferreira.blogspot.com.br/


    ResponderExcluir
  5. flor tenha sempre uma certeza seu sempre ira se orgulhar de vc....adorei seu blog,ja estou seguindo e curtindo...venha conhecer meu cantinho tbm...bjos
    http://blogsabrinasecret.blogspot.com.br/2013/09/nova-parceira-do-blog-lara-liz-lingerie.html

    ResponderExcluir
  6. Nossa, que sufoco hein, mas ainda bem
    que você conseguiu terminar seus estudos.
    Beijos!
    islary34.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Amiga realmente imagino que n deve ter sido fácil. Mais por mais difícil que seja precisamos lutar para dar um futuro bom aos nossos filhos. Parabéns pela sua força de vontade. Beijos

    ResponderExcluir
  8. amiga que lindo e que coragem a sua... eu nao ia ter de ficar longe da alycia....ja estrou ate pensado quando for a faculdade e quando começar as aulas dela.
    eu engravidei da alycia ja no fim do colégio ainda bem, nao perdi nada e hoje estu de licença kkk 2 anos e 4 meses....
    abraços

    ResponderExcluir
  9. eu engravidei da minha filha tb estudando
    foi barra, que coragem que vc teve
    beijos ]
    onossonude.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Tudo muito complicado, mas graças a Deus vc conseguiu conciliar tudo, bjs

    ResponderExcluir
  11. Nossa, parabéns pela história, realmente foi uma barra que você enfrentou, mas o que me chamou mais a atenção é que você teve maturidade e soube dar a volta por cima.

    Que Deus esteja sempre abençoando a sua vida e de sua família.
    Bjos..

    http://amaedadrii.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. essas escolhas são sempre muito dificeis, ao mesmo tempo que queremos estar pertinho dos filhos e participando de todo seu desenvolvimento, temos as outras coisas, uma barra enfrentar isso tudo mas temos que vencer, que bom que superou.

    Carlah Ventura
    Blog:Intensa Vida

    ResponderExcluir
  13. Caramba .. deve ter sido difícil né amiga ... fico feliz que não tenha desistido e conseguido vencer e superar tudo ... fico orgulhosa .. bjs

    Tem post novo no nosso diário, passa lá!

    Roberta & Luma
    http://princesaluma.blogspot.com.br/
    http://motivosparaestareserfeliz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Eu não fui mãe adolescente, mas estava fazendo faculdade quando engravidei e tive que trancar...optei trancar por 1 ano o curso, até meu filho completar 1 ano, parar de mamar e ficar menos dependente d mim, agora retornei e ele fica com minha mãe...Às vezes temos que abrir mão das coisas mesmo pelos pequenos...bjo

    ResponderExcluir
  15. hA AMIGA ADOREI O POST E SUA HISTÓRIA DE SUPERAÇÃO. ESTUDAR É TUDO E IMPORTANTE PARA SEU FILHO NO FUTIRO, E GARANTO QUE ELE VAI TER MUITO ORGULHO DE VOCÊ.
    Bjos
    TATTY
    http://diariomaedeprimeiraviagemtatty.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Vixi amiga que triste pra você..
    Mas graças a Deus passou
    Que bom, você conseguiu superar tudo tb...
    bjkas

    ResponderExcluir
  17. É muito difícil mesmo ter que deixar o filho novinho para trabalhar ou estudar, eu não sei se conseguiria... mas você foi uma guerreira e o que importa é que deu tudo certo!
    Bjos

    ResponderExcluir
  18. Imagino como deve ter sido, com certeza não é facil, principalmente quando nao se tem com quem contar nessas horas, e acaba juntando varias coisas pra fazer ao mesmo tempo. E ter que deixar ele pra poder estudar ou trabalhar, mais sempre pensamos no futuro dos nossos pequenos.
    Bjinhos

    mamaenathan.logspot.com

    ResponderExcluir

Amo quando você comenta! Sua opinião é muito importante e cada comentário muito especial!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...