Como controlar as crises de birras das crianças

Boa Tarde


Hoje vou falar de um assunto nada legal, a birra. Por aqui esta em um momento intenso, tem dias que só Deus na minha vida, choro, manha, querer se jogar no chão, querer os brinquedos só para ele, não querer esperar a sua vez para brincar, entre outras.
Ando me sentiu super triste com certas situações, sei que é uma fase, que espero que passe logo. Ele tem uma personalidade super forte e tento na medida do possível tentar controlar, mas me sinto incomodada com os olhares das pessoas, sei que não sou melhor mãe do mundo, que erro várias vezes, mas não sei mais o que fazer. Vou tentar a colocar em prática as técnicas da Super Nanny, para ver se da certo. Mas o que mais me incomoda é ele não comprimentar e nem beijar minha mãe, entre outras pessoas, fico arrasada quando ele empurra, ou diz que não quer, sei que é dele, mas acho que poderia ser melhor neste aspecto.
Vamos conferir algumas dicas de uma psicologa, para aprender a lidar com esta situação.

Hemera / Thinkstock / Gettyimages
Hemera / Thinkstock / Gettyimages

Uma das fases mais gostosas das crianças é entre 1 e 3 anos, quando ela já sabe andar e falar e encanta a todos com seu jeitinho de falar. Mas é também nesta fase que podem surgir as birras. E geralmente, pelos motivos mais banais, como chorar porque ganhou um sorvete de reme quando queria o de chocolate, ou de se jogar no chão no meio do shopping ou da rua porque a mãe não fez o que ela queria. Como lidar com a crianças nestas horas? O que os pais devem fazer? A doutora Rita Calegari, psicóloga do Hospital São Camilo explica:

Por que as crianças fazem birras?

“Por que elas têm o sistema emocional e neurológico imaturo para lidar com as frustrações. Do mesmo jeito que ensinamos aos filhos a escovar dentes, a comer, deveríamos nos preocupar em ensiná-los a lidar com as frustrações... Não adianta só reprimir nesta idade, é preciso acolher, amparar, resignificar e orientar. Pena que nestes momentos os pais, às vezes, ficam tão frustrados com a reação da criança que lidam mal”.

Como os pais devem agir? Devem ceder aos caprichos para cessar o escândalo?

“Depende de tantas variáveis... Ceder não é uma boa ideia, negociar talvez, mas normalmente a criança que faz escândalo gosta de público, virar as costas e não assistir ao chilique pode ajudar. Saia do local, deixe a criança ver que esse tipo de comportamento não dá ibope. Em outras palavras, desvalorize o escândalo e reforce o comportamento desejado (muitos pais fazem o contrário- lembrando que dar atenção pra criança tem um valor enorme)”.

Como controlar a criança?

“Depois que a birra começa, é bem difícil. É o tipo de coisa que se deve evitar antes de acontecer, porque depois que começa vira uma fonte de energia que só esvaindo passa. Os pais devem se antecipar às reações dos filhos e quando não for possível, sair de cena – com ou sem a criança, dependendo do ambiente. Devem tomar cuidado para que a criança não se machuque durante uma crise de birra.

Também não adianta dar sermão na hora, a criança mal ouve. Espere ela se acalmar, pode até ser no dia seguinte, sente e converse calmamente sobre o ocorrido e seja claro: não gostei de você ter reagido assim. Importante: diga como você espera que seu filho reaja (respeite a idade dele, ok?)”.


É possível evitar situações que favorecem à birra?

“Sim, mas poderá ser inevitável em alguns momentos. Melhor ter o plano B de como lidar. Pode ser que um dos pais tenha mais jeito que o outro nestas situações – se for o caso, prefira quem tem mais paciência para lidar com este problema”.

Quais os sinais de que a criança pode estar estressada para os pais ficarem atentos?

"Mudanças súbitas de comportamento, crises de choro, apatia, alterações (mais ou menos) no apetite e sono, pesadelos, presença de estressores na família (crise financeira, separação dos pais, morte, nascimento irmãozinho, mudança de escola, doença entre outros)”.

Quando é hora de buscar ajuda?

“Sempre que os pais acharem que estão perdidos, não estão conseguindo atingir seus objetivos como educadores, quando os amigos passam a dar muitos palpites na educação do seu filho, enfim, quando estiverem mesmo com dúvidas. Uma boa conversa com um psicólogo pode ser o suficiente para ajudar os pais, ou se indicado, um trabalho em família”.

Informações do site da Chris Flores 

E como anda as birras com os pequenos meninas? Se alguém tiver uma dica ficarei super feliz.



16 Comentários:

  1. Por aqui é a a coisa, por aqui tem funcionadi o cantinho do castigo, mas fico triste pelo comportamento dele assim sabemos q é uma fase mas parece que não passa nunca, só temos q ter muuuuita paciência
    Bjinhos

    ResponderExcluir
  2. Amiga a birra faz parte da criança, todas fazem birras, umas fazem mais do que as outras, mas todas fazem!
    Aqui Lucas está bem melhor, mas já teve fase de se jogar no chão e gritar desesperado.
    Adorei o post.

    beijos

    ResponderExcluir
  3. Aqui é birra pra tudo rss
    Se joga pelo chão rss
    É uma luta
    Bjkas
    http://segredosdaluma.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Nossa, meu filho tá nessa fase, não aceita um não e chora pra tudo! bjo
    Viva verde, Viva bem! Visite!

    ResponderExcluir
  5. Oi Viviane .. que post ótimo!

    Por aqui sempre converso e aproveito o exemplo bom e ruim de outras crianças próximas ou no shopping etc .. para mostrar pra ela essas coisas ... mas quando não dá jeito, o cantinho do pensamento resolve ...

    Beijos carinhosos e esperamos sua visitinha.

    Roberta & Luma
    http://princesaluma.blogspot.com.br/
    http://motivosparaestareserfeliz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. meu filho teve crise de birra uma vez no meio da rua , todo mundo te olha como se vc tivesse matando o menino e vc não fez nada, é horrivel
    beijos
    onossonude.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Vivi!
    Aqui em casa estão começando bem de leve essas birras, pequeno está com 2 anos! Ninguém da show sem platéia certo? Aqui em casa é o que está funcionando!
    Vai passar!
    Bj

    Blog: Femme Digital- Mãe, Esposa, Mulher!

    ResponderExcluir
  8. amei as dicas já dei muito as costas para as birras de minha Isa
    e tô me preparando para as de Gabi rs

    linda noite bjs

    sermamaepelasegundavez.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. E como fazem birras, já estou me preparando para as do pequeno tbm rsrsrs

    Carlah Ventura
    Blog Intensa Vida

    ResponderExcluir
  10. Heitor ainda não faz birras, d´á uns pequenos chiliques de vez enquando, mas sei que logo vai chegar.
    Deus me ajude kkkk
    Bjos
    Tatty
    http://diariomaedeprimeiraviagemtatty.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Ai amiga... é tão complicado lidar com as birras...
    Eu procuro não dar ibope, mas quando acontece na rua, afff que prova!
    Eu costumo abaixar e falar com ele, tento conversar e explicar a ele que não é legal e etc, às vezes funciona outras piora. Gostei das dicas... vou aplica-las tb, bjs

    ResponderExcluir
  12. Birra é uma coisa complicada mesmo e se não tivermos pulso firme eles muntam.
    Ás vezes nem conversando adianta...
    As crianças são tão diferentes umas das outras o que vc usa com um não dá certo com outro.
    Temos que está sempre reciclando e aprendendo com eles como lidar com birras.
    Bju

    ResponderExcluir
  13. opa dicas estou precisando vou ate postar o que eu fiz pra amenizar as coisas aqui em casa..tambem esta tenso alycia esta teimosa
    aff
    boa sorte ai amiga
    bjos

    ResponderExcluir
  14. Obrigada pelas palavras e dicas meninas. Estou a ponto de ficar doidinha rsrs.
    Na Igreja ele não para e quer correi, fico muito nervosa. Mas vamos ver se consigo ameninar as birras aqui em cas. Bjs
    Vivi e Isaac

    ResponderExcluir
  15. Oi minha linda, tudo na vida das crianças é fase. Fases que não podemos deixar virar rotina e manha né?
    Por aqui, JM vive alguns momentos assim, mas com muita conversa, paciência e disciplina, vai melhorando a cada dia.

    Abraços carinhosos, Genis e JM
    http://www.reciclandocomamamae.com
    http://www.mamaesemrede.com/
    http://umdivapara3.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Amo quando você comenta! Sua opinião é muito importante e cada comentário muito especial!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...