Fruto do meu ventre.

Bom dia!
Outro dia escutei uma pessoa dizer que se passar 1 hora ao lado do filho é bem capaz de ela ficar perturbada mentalmente!!! Minha resposta a esse afirmação foi imediata:" que horror!", quando disse isso ela retrucou: " é um horror mesmo, pois ele não para nem um minuto." eu disse:"um horror não é seu filho e sim suas palavras."
Depois desse episodio que aconteceu durante uma conversa no facebook, minha vida nunca mais foi a mesma, sempre me pego pensando sobre essa exclamação e fico a pensar como uma mãe pode pensar uma coisas dessas. Claro que muitas vezes, nossos filhos nos deixa de cabelos em pé, mas nunca um dia todo me deixaria perturbada a ponto de exclamar com tantos pontos de exclamações como foi essa afirmativa.
No sábado assistir a uma palestra cujo o tema era pais e filhos. Nessa palestra foi exposto sobre o amor em diferentes ações. Cada pessoa reconheci o amor de diferentes maneiras, podendo ser percebido por meio de presentes, por meio de chamegos ou por meio de tempo de qualidade.
O que você lerá aqui não é um julgamento e nem tão menos um ensinamento, mas o meu pensamento sobre o amor de mãe.
É bem provável que você assim como eu tente oferecer aos pequenos os três tipos se amores mencionados aí em cima, mas nós que conhecemos nossos filhos sabemos quais desde mais agrada nossos pequenos. Mas acredito que o tipo de amor que mais agrada ao meu pequeno seja o de chamego.
O amor de chamego é um amor bem doce, aqueles que grudam, onde tudo que a criança mais ama é carinhos e abraços. O amor de presentes é aquele onde a criança se sente mais amada recebendo um presente e por fim o amor tempo de qualidade é aquele onde a criança se sente amada quando os pais oferecem um tempo de dedicação para os filhos.
Seja qual for desses o amor do seu filho, ou até mesmo outro tipo de amor ou uma mistura de todos esses e mais alguns o importante é que você saiba ama-lo dessa forma e saiba expressar o seu amor para que ele o enxergue.
Muitas vezes tudo que uma criança deseja dos pais é tempo... um sai daqui menino! um não tenho tempo agora! pode passar despercebido no coração dele na 1ª infância, mas de acordo com que eles forem crescendo essas palavras ficam no coração por mais tempo até que chega um dia que elas não saem mais. Confesso que algumas vezes usei palavras como essas, até mesmo porque o nosso dia a dia é muito puxado, temos milhões de coisas para fazer e apenas 24h. Mas desde do dia que escutei essa afirmação tenho me policiado para que todo o tempo que eu esteja ao lado do Lucas seja um tempo de qualidade para ambas as partes.
Presentes todos gostam de receber não é verdade? eu também adoro, quanto mais uma criança. Meu filhote não é diferente, e claro que sempre que é possível trazemos um mimo para ele, mas muitas vezes o que as crianças querem não é o boneco de lançamento do ultimo filme da disney, ou a boneca que fala 500 frases e suja a fraldinha... muitas vezes o que eles desejam é uma cartolina, pinceis e muitas tinhas coloridas e sua doce companhia.
Todos os dias acho o Lucas cada dia maior, ele cresce tão rápido que muitas vezes fico pensando como pode isso ser tão rápido se outro dia era tão pequeno... poder passar 24 h do meu dia ao lado do meu filho é uma dádiva, poder conhece-lo como eu o conheço é o maior presente que eu poderia receber.
Então mamãe vamos usar o nosso tempo ao lado dos nossos filhos para  ensina-lo sobre o amor, uma criança que cresce vivendo o amor tem maiores chances de saber oferecer o amor quando for adulto. Vamos lembrar que eles crescem rápido e que chegará um dia que o cheirinho de bebê que você sente agora dará lugar ao "cheirinho" da adolecência. Poderá chegar o dia que os beijos que ele mais deseje dá seja em outra pessoa. Mas se ele sempre se sentir amado, ele sempre saberá que não importa o quão grande ou independente ele esteja, pois você (eu) sempre estaremos de braços abertos para recebe-los.
Vamos dá amor, pois os filhos são heranças de Deus... são frutos dos nossos ventres!
Bendito o fruto do tu vente. Dt 28:11a

10 Comentários:

  1. Amor é tudo o que podemos oferecer a nossos filhos, vejo mães que carregam o filho no ventre por 9 meses e não são capazaes de dar amor aos propios filhos! Lindo post

    ResponderExcluir
  2. Eu tb já escutei cada coisa...Outro dia uma me fala que adora sair sozinha, ficar sem o filho, que não leva ele aonde vai...Uma coisa é termos um tempo nosso que ahco ótimo, outra é preferir ficar só do que com o filho.
    Eu incluo o Matheus nas minhas saidas, rotinas e tudo mais.
    Amo muito e ficar com ele é meu presente!

    Bjs

    http://matheusmeucoracao.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Penso nisso muito, viu Jamilly.... tantas amigas que querem engravidar e não conseguem... e tantas amigas mamães e amando seus filhos.... Como pode ser diferente? Nossos pequenos são sim o presente de Deus a nós homens. "É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã", disse Renato Russo. E não há amanhã mesmo, os filhos já já crescem.... amá-los já! Vamos!!!!!!!!!!!! BeijoBeijo. Andrea e Lara. http://coisas-da-lara.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oie, estou conhecendo seu blog hoje.
    Adorei!
    E que horror mesmo uma pessoa assim.
    Visite nosso cantinho.

    www.viniciusmamaequedisse.blogspot.com.br

    beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi Jamily, q texto profundo... desde a mãe q não quer estar com o filho até o final quando você relata o texto bíblico.
    Eu me policio muito também, pq o tempo é curto e os afazeres não são... quantas vezes precisamos deixa-los entretidos em algo pra poder dar conta da casa, outras precisamos deixar a casa de pernas pro ar e sentar e brincar, beijar, abraçar, são momentos únicos... eles crescem rápido demais, precisamos valorizar o agora.
    Amei o post!
    bjs http://cphilene.wordpress.com

    ResponderExcluir
  6. Realmente é um horror! E o mais trágico é que a pessoa fala com tanta naturalidade, que deve ser um horror mesmo. Mas acredito que a pobre da criança, esteja causando esse horror todo só pra chamar a atenção da mãe, já que ela não fica por mais de 1h né?!

    Concordo com o que vc escreveu. E muitas vezes já deixei a casa suja, ou a vontade de fazer uma coisa pra mim só pra estar com o filhote. Mesmo no corre corre diário, dá pra fazer algo com eles né?!

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. é por isso que eu sempre digo quenao é qualquer pessoa que pode ser mãe de verdade, tem que ter muita força espiritual e mental! Se não acaba sedendo a pensamentos como esse!!

    ResponderExcluir
  8. Perfeito o texto!!! Adorei e vou recomendar!
    Beijos
    Sabrina
    www.jeitinhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Não entendo porque alguém faz a escolha de ter um filho e depois se arrepende.
    As pessoas pensam em ter filhos para suprir alguma necessidade delas, e depois se dão conta que não é bem assim, que ser mãe é tarefa de uma vida.
    Mas a dedicação compensa muito neh?

    Bjão!

    ResponderExcluir

Amo quando você comenta! Sua opinião é muito importante e cada comentário muito especial!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...