Engasgo- Leia e saiba o que fazer.


Boa tarde meninas e meninos!

Hoje venho escrever sobre um assunto mega importante, claro, que eu não desejo nunca que você passe por isso, mas essa leitura pode te ajudar caso você precise.
Quando Lucas tinha uns 4 meses, dei o leite e o coloquei na rede e fiquei sentada no chão assistindo tv do lado dele., eu estava sozinha em casa, era uma noite de domingo. Poucos minutos após ter o colocado na rede, ele engasgou, acredito que com a própria saliva, rapidamente levantei ela da rede e segurei no colo com os bracinhos para cima, mas ele continuava engasgado. Foi ai que o meu panico começou, olhei para o rostinho dele e percebi que ele estava bem vermelho, por  intuição virei ele de cabeça para baixo apoiado em meu braço, voltei ele para ver seu rostinho e ele estava com os olhos bem abertos, assustado e tentando chorar, meu coração já estava pulando para fora do corpo, corri para a garagem de casa, por ser um local com mais ventilação e repeti a posição de cabeça para baixo e bati de levinhos nas costas e foi nesse momento que ele chorou, nunca um choro foi tão comemorado por mim.
Sentei no chão da garagem mesmo e chorava ele e chorava eu. Meu pai que mora do outro lado da rua da minha casa passou por ali e viu meu estado de nervosismo, me deu o telefone e assim eu liguei para o marido que estava na igreja que veio correndo para casa.
Eu fiquei em um panico tão grande que só saia agradecer a Deus pelo Lucas está bem, ele já estava sorrindo feliz da vida e eu não conseguia para de tremer. 
Escrevi esse relato porque eu não sabia o que fazer quando isso aconteceu, eu já tinha até participado de um curso de primeiros socorros na empresa em que eu trabalhava, mas nada voltado a criança. 

A primeira coisa que devemos saber é que nunca devemos tentar tirar o objeto do engasgo com as mãos. Procure observar a criança, olhe bem para a cor da pele e se o bebê não conseguir tossir, as vias áreas podem está fechadas. Caso o bebê esteja tossindo, isso é um bom sinal, deixe ele tossir. 
Se o bebê estiver mesmo engasgado coloque-o de barriga para baixo, com a cabecinha voltado para seu joelho, segure-o em baixo com seu braço na barriguinha, use sua mãe para sustentar a cabeça e o pescoço, você pode apoiar o queixo do bebê entre os dois dedos. Use a outra mão para tapinhas firmes, porém sem usar força, dê 5 tapinhas. Fazendo isso verifique se o bebê consegue respirar. 

Se você estiver sozinha em casa e estiver muito nervosa, peça ajuda para alguém ou ligue para os bombeiros.

As principais causas de engasgamento são:

Saliva e leite
Caroços de feijão, arroz e pedaços de frutas.
Peças pequenas de brinquedos.
Pilhas.
Tampa de canetas.
Moedas e botões.
Parafusos.
Bombons.

Ficar alerta sempre é o mais importante!












19 Comentários:

  1. Nossa amiga, espero nunca precisar tb, mas adoro estes posts informativos, ajuda muito a quem precisa. Que bom que reagiu e fez a coisa certa. Bjs
    Vivi e Isaac

    ResponderExcluir
  2. Amiga adorei o post, o Vini já engasgou umas 2x, nada sério, mas só dei tapas nas costas e resolveu.
    Quero ver uns videos também para estar sempre preparada.
    beijos

    http://viniciusmamaequedisse.blogspot.com.br/2013/08/dia-dos-paes.html

    ResponderExcluir
  3. kramba é espero nunca precisa mais foi ótimo esse post, adorei

    ResponderExcluir
  4. Ótimo amiga!!!
    Ajuda muitas mãmaes este post.
    Bjs!!

    Carlah Ventura
    Blog: Intensa Vida

    ResponderExcluir
  5. Aii eu adorei...
    Morro de medo de que isso aconteça.. é bom ter uma noção de como agir...

    Beijooos

    http://esperadomeupresentinho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. isso já aconteceu com minha filha mas velha quando ela
    era um bebezinho, e fiz assim,como vc relatou aqui
    isso é muito importante obrigada por compartilhar
    bjs

    http://sermamaepelasegundavez.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Quando uma coisa dessa acontece e o pânico toma conta da gente, parece que todo o nosso conhecimento de primeiros socorros apaga da nossa cabeça. Essa foi uma dica muito importante.
    bjo
    Raquel
    www.eudonadecasa.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá! Muito bom o seu post. Me identifiquei com ele porque certa vez minha primeira filha engasgou por conta de refluxo. Nenhuma manobra surtiu efeito e quando dei por mim, estava indo para a emergência de camisola com ela nos braços. No meio do caminho ela desengasgou e eu respirei aliviada. Mas chorei muito. Quanto mais quando somos mães de primeira viagem. Agora no segundo filho estou mais segura qto a isso, mas mesmo assim não podemos facilitar. Cuidado e atenção redobrados quando temos bebês em casa. bjs Camila Vaz

    Depois dá uma passada no Recanto. Estou lá hoje!

    ResponderExcluir
  9. Nossa, imagino como vc ficou e a angustia que teve, nunca passei por isso, mais é bom saber o que fazer nesses casos, claro que ja se engasgou mais normal nada demais....
    Bjinhos

    mamaenathan.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Jamily realmente assunto muito importante, parabéns pelo post.
    Uma vez uma vizinha entrou com seu filho quase desfalecido no meu apto pedido ajuda, na hora tive o instinto de ligar para os bombeiros e com a orientação deles pelo telefone socorri a criança, depois ele mandaram a equipe para avaliar a criança, aproveite peguei mas uma orientações, informação nunca é demais, depois disso coloquei um aviso ao lado do telefone com o números das pessoas importante caso aconteça algo com as meninas, número dos bombeiros e número da policia.

    Tri-beijos Desirée
    http://astrigemeasdemanaus.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Engasgo até conosco é complicado imagina com eles, já li muito sobre esse assunto, pois é algo que vamos encarar...
    Graças a Deus q foi td bem com vcs, bjss

    ResponderExcluir
  12. que susto em .... meu filho tb ja engasgou com maça ....
    mas deu tudio certo
    beijos
    onossonude.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Master importante! A Lara engasga com vento.... rs. Bjus Coisas da Lara

    ResponderExcluir
  14. Nossa amiga imagino seu desespero, há pouco tempo passei por isso também, Lohany se engasgou com uma moeda quase morri, mas no final deu tudo certo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Menina já levei cada susto com isso. Vc não tem noção.
    Parabéns pelo post.
    Abraço,
    Toninha
    http://www.educar-oprimeiropasso.com/
    http://toninha-ferreira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Ai Jamilly, que relato angustiante... meu coração disparou enquanto lia... imagino o seu desespero. Graças a Deus que tudo ficou bem.
    òtimas dicas!!
    beijinhos

    www.aprendendoasermehoje.com

    ResponderExcluir
  17. Jesus Cristo, que aflição...
    Isso aconteceu comigo, mas o Fe tinha quase 1 ano. Engasgou comendo bolacha de maisena.
    Quase morri do coração! Eu sou técnica em enfermagem, aprendi tudo isso e na hora fiquei passada. Não conseguia fazer nada, minhas pernas ficaram molinhas.
    Meu marido que socorreu, super calmo e desse jeito mesmo. Graças a Deus não aconteceu nada. Fiquei que nem vc: o bebê já tava bem e eu lá aos prantos rs

    É assustador msm, credo.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  18. Ops, o Fê não, o BEBÊ tinha quase 1 ano.
    Fê é meu marido. xD

    ResponderExcluir
  19. Post super importante!
    Heito ja engasgou quando tinha 3 meses nao sabia o q fazer o instinto falou mais rápido e consegui!
    Ótimo se informar antes!

    Bjs
    Gleysa
    www.demamaeursa.com
    www.mamaesemrede.com

    ResponderExcluir

Amo quando você comenta! Sua opinião é muito importante e cada comentário muito especial!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...