O que uma criança deve saber aos 4 anos de idade?

Li este texto maravilhoso no blog Just Real Moms e resolvi dividi - lo com vocês aqui no blog!Acredito também,que deveria ser uma leitura obrigatória para todas as mães,por qe ele realmente é perfeito,e nos faz refletir...


Nesse mundo contemporâneo, ter, ser, saber, parecem fazer parte de uma competição. Nesse mundo, alguns pais e algumas mães acabam acreditando que é preciso que seus filhos saibam sempre mais que os filhos de outros. E isso sim seria, então, sinal de adequação e o mais importante: de sucesso.
O que uma criança deve saber aos 4 anos de idade? Essa foi a pergunta feita por uma mãe, em um fórum de discussão sobre educação de filhos, preocupada em saber se seu filho sabia o suficiente para a sua idade.
 Segundo Alicia Bayer, no artigo publicado em um conhecido portal de notícias americano – The Huffington Post –, o que não só a entristeceu, mas também a irritou, foram as respostas, pois ao invés de ajudarem a diminuir a angústia dessa mãe, outras mães indicavam o que seus filhos faziam, numa clara expressão de competição para ver quem tinha o filho que sabia mais coisas com 4 anos. Só algumas poucas indicavam que cada criança possuía um ritmo próprio e que não precisava se preocupar.
Para contrapor às listas indicadas pelas mães (em que constavam itens como: saber o nome dos planetas, escrever o nome e sobrenome, saber contar até 100), Bayer organizou uma lista bem mais interessante para que pais e mães considerem o que uma criança deve saber.
 Vejam alguns exemplos abaixo:
- Deve saber que a querem por completo, incondicionalmente e em todos os momentos.
- Deve saber que está segura e deve saber como manter-se a salvo em lugares públicos, com outras pessoas e em distintas situações.
 - Deve saber seus direitos e que sua família sempre a apoiará.
 - Deve saber rir, fazer-se de boba, ser vilão e utilizar sua imaginação.
 - Deve saber que nunca acontecerá nada se pintar o céu de laranja ou desenhar gatos com seis patas.
 - Deve saber que o mundo é mágico e ela também.
 - Deve saber que é fantástica, inteligente, criativa, compassiva e maravilhosa.
 - Deve saber que passar o dia ao ar livre fazendo colares de flores, bolos de barro e casinhas de contos de fadas é tão importante como praticar fonética. Melhor dizendo, muito mais importante.
 E ainda acrescenta uma lista que considera mais importante. A lista do que os pais devem saber:
 - Que cada criança aprende a andar, falar, ler e fazer cálculos a seu próprio ritmo, e que isso não tem qualquer influência na forma como irá andar, falar, ler ou fazer cálculos posteriormente.
 - Que o fator de maior impacto no bom desempenho escolar e boas notas no futuro é que se leia às crianças desde pequenas. Sem tecnologias modernas, nem creches elegantes, nem jogos e computadores chamativos, se não que a mãe ou o pai dediquem um tempo a cada dia ou a cada noite (ou ambos) para sentar-se e ler com ela bons livros.
 - Que ser a criança mais inteligente ou a mais estudiosa da turma nunca significou ser a mais feliz. Estamos tão obstinados em garantir a nossos filhos todas as “oportunidades” que o que estamos dando são vidas com múltiplas atividades e cheias de tensão como as nossas. Uma das melhores coisas que podemos oferecer a nossos filhos é uma infância simples e despreocupada.
 - Que nossas crianças merecem viver rodeadas de livros, natureza, materiais artísticos e a liberdade para explorá-los. A maioria de nós poderia se desfazer de 90% dos brinquedos de nossos filhos e eles nem sentiriam falta.
 - Que nossos filhos necessitam nos ter mais. Vivemos em uma época em que as revistas para pais recomendam que tratemos de dedicar 10 minutos diários a cada filho e prever um sábado ao mês dedicado à família. Que horror! Nossos filhos necessitam do Nintendo, dos computadores, das atividades extraescolares, das aulas de balé, do grupo para jogar futebol muito menos do que necessitam de nós. Necessitam de pais que se sentem para escutar seus relatos do que fizeram durante o dia, de mães que se sentem e façam trabalhos manuais com eles. Necessitam que passeiem com eles nas noites de primavera sem se importar que se ande a 150 metros por hora. Têm direito a ajudar-nos a fazer o jantar mesmo que tardemos o dobro de tempo e tenhamos o dobro de trabalho. Têm o direito de saber que para nós são uma prioridade e que nos encanta verdadeiramente estar com eles.
content-620-6m

Então, o que precisa mesmo – de verdade – uma criança de 4 anos?

Muito menos do que pensamos e muito mais!
do blog : Just Real Moms


30 Comentários:

  1. Que boas dicas para as mamães dos pequeninos. Quem me derá se eu pudesse
    voltar a infância dos meus filhos. mas o tempo não volta. O jeito é seguir em frente.
    parabéns pela postagem. bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Nal,eu também queria ter todas as informações que tenho hoje,quando tive meu primeiro filho,o tempo passa tão rápido, bjos

      Excluir
  2. Amiga, amei esse texto também, penso bem assim. Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu também amiga,quando li pensei tenho que compartilhar lá no blog,muitas vezes a gente fica achando tantas formas,querendo dar o mundo para eles,mas o que eles realmente precisam é tão pouco e tão simples...

      Excluir
  3. Eu já tinha lido esse texto no blog citado e concordo plenamente! A criança deve se sentir amada e querida!
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Muito bom este texto! Seria ótimo se várias mães pudessem ler e refletir se estão tornando o desenvolvimento do próprio filho em algo saudável ou em uma competição. É até compreensível que, nós, mães, nos orgulhamos de cada evolução em alguma fase do desenvolvimento de nossos filhos, mas não é necessário expor exageradamente, afinal cada um vai desenvolvendo suas habilidades e talentos em seu próprio tempo.
    Bjos,
    Larissa Andrade.

    http://maternidadeecotidiano.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim exatamente o que pensei quando li o texto,que bom que gostou,bjos

      Excluir
  5. Eu já tinha lido esse texto lá no outro blog... Realmente é muito bom, merece ser compartilhado!

    bjs
    www.soumae.org

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. verdade,seria bom que a maioria das mamães e futuras pudessem ler esse texto...bjos

      Excluir
  6. Texto maravilhoso, e merece mesmo ser compartilhada com o maior número de mamães possível...
    Adorei!

    Beijos!
    www.pipocasemaquarela.com

    ResponderExcluir
  7. Amei o texto, muito bom mesmo! Antes de qualquer coisa a criança precisa saber que tem uma família unida, que é amada e querida, essa segurança faz com que ela cresça bem e seja segura! bjo

    ResponderExcluir
  8. É isso ai mamães, precisamos ficar atentas ao que nossos pequenos estão aprendendo.
    Eu adoro esse tipo de leitura!

    ResponderExcluir
  9. Achei o texto maravilhoso, ajuda muito a escolher uma meta na educação dos filhos.
    Talvez até os 4 anos dê para deixar a criança acreditar que o mundo é magico e ela também.
    Mas esse é um ponto lúdico demais, que talvez seja mais propicio dizer a elas que as vezes o mundo é mágico.
    Bjinhos.

    http://prosaamiga.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Adorei o post! Realmente cada criança tem seu tempo, seu ritmo de aprender. Eu não me preocupo muito quando vejo um bebê da idade do meu que sabe mais coisas. As vezes fico um pouco triste e até insegura, me sentindo culpada por isso, mas sei que eu estou dando o meu melhor, e já aprendi que as crianças tem seu próprio ritmo, nenhuma é igual, nenhuma vai aprender no mesmo tempo ou fazer do mesmo jeito. Amei as dicas!

    ResponderExcluir
  11. Amei seu post flor! Minha filha mais nova fez 4 aninhos mês passado e concordo com tudo o que você falou aqui. Eu sempre a elogio e deixo que ela se sinta a vontade sem pressioná-la. Respeito os limites dela sabendo que ela é muito inteligente e esperta, mas também que tudo tem seu tempo.
    Beijinhos e Sucesso!
    http://dulcineiadesa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Oi amiga, tbm já havia publicado no meu blog esta matéria porque achei maravilhosa as informações. Parabéns por tbm dividir com outras mamães.

    Beijos
    Adri
    www.mamaesfacilidadesedicas.com

    ResponderExcluir
  13. Muito bom mesmo, que bom que você compartilhou esse texto. Adorei saber mais, como sou mãe de 1 viagem dicas é sempre muito bom.

    Beijos
    Geri Ferreira
    www.encantodemeninablog.com

    ResponderExcluir
  14. Adorei o post amiga. Como é bom encontrar textos como esses. Eu estou correndo atrás de um para dois anos, idade da Larinha.

    Beijos
    http://meus-sonhos-meus-pesadelos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Informações sobre nossos pequenos nunca é demais e é exatamente a idade em que JM se encontra. A única coisa que sei que JM não tem muito acesso é a natureza, parece que vivemos em um mundo de pedras, mas sempre que tenho oportunidade levo ele em passeios que tenha a natureza aberta.
    Bjus, Genis
    http://www.meumundomaterno.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Nossa Carol que texto lindo!
    Realmente o que é preciso é que os pais tenham mais tempo com seus filhos.
    Aqui a Dri tem 4 aninhos, e mesmo não sendo uma mãe perfeita me dedico ao máximo para
    que ela se desenvolva com amor e carinho!

    Um beijo
    http://www.amaedadri.com/

    ResponderExcluir
  17. Super importante, o tempo que temos com eles tem que ser valiosos. E o carinho, a atenção e tudo feito com eles é mais divertido.
    Aqui ele conta todas as novidades do seu dia,e eu amo e curto cada nova conquista. Ler sempre é muito importante, e faz com que eles se tornem futuros leitores quando aprender a ler. Bjs
    Vivi e Isaac

    ResponderExcluir
  18. Que texto lindo!! Temos que ter tempo pra brincar e dar carinho e atenção pro nossos pequenos ,isso é super importante!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  19. Tambem ja tinha lido o texto das meninas do Just Real Moms e achei bacana voce fazer o link certinho porque hoje em dia muita gente copia textos e nem sequer divulga a fonte.

    Bjs
    Mari
    www.clubedafraldinha.com

    ResponderExcluir
  20. è isso mesmo responder somente o que pergunta nada de estrapolar.
    bju

    ResponderExcluir
  21. Perfeito o post me sinto muito segura aqui para quando estiver meus pequenos que sera 5 ,rsrsrrs
    Aqui terei meu guia de uma boa mae ...

    ResponderExcluir

Amo quando você comenta! Sua opinião é muito importante e cada comentário muito especial!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...