Lua de leite: o tempo da mãe e do bebê.

Após o nascimento do bebê, a nova mãe precisa de tempo para a nova rotina e cuidados.



Quando um casal resolve casar logo após a cerimonia geralmente eles viajam para a famosa e esperada lua de mel, lá eles passaram um bom tempo a sós tendo a oportunidade de se conhecerem melhor, a Lua de Leite é mais ou menos a mesma coisa, quando uma mulher dá a luz ela precisa de tempo para conhecer e adaptar-se a nova rotina que um recém nascido exige. 
Nesse tempo além da adaptação a rotina do bebê a mãe precisa aprender a conciliar o tempo com o marido, a casa, o filho mais velho e passar a pensar um pouco em si.
Quando meu primeiro filho nasceu há 5 anos, nem conhecia esse termo, mas lembro de ter precisado muito desse tempo com meu filho, lembro de ter ficado chateada comigo mesmo por não curtir as visitas que apareceram no mesmo dia que tive a alta, lembro que uma visita em particular durou o dia todo, eu estava cansada e sem paciência. Dessa vez será diferente, já avisei que só receberei visitas em casa quando estiver sentindo- me bem e em forma.
Não sinta-se egoísta e em exigir esse tempo, dedique-se ao bebê, a amamentação, a rotina de sono trocada e as fraldas, assim você conseguirá conhecer e aprender de uma forma mais natural e prazerosa.
Uma dica para acalmar os ânimos do que não querem esperar para fazer a visita e ir dando notícias e enviar fotos, eu estarei criando um grupo no whatsapp para os familiares o que vai me fazer ganhar tempo. 
Lembre-se de que o melhor no momento é pensar em você, no seu esposo e no seu bebê! os demais podem esperar!






5 Comentários:

  1. Eu tbm não conhecia esse termo quando o Gui nasceu (quase 6 anos atrás), mais sabe desse tempo que precisamos, muda tudo né, quando eu cheguei em casa no dia mesmo, só vieram meu pai e a namorada dele, minha sogra, meu irmão e minha cunhada, e meus cunhados (irmã do meu marido e o esposo dela) que venho me trazer janta, pois sai do hospital depois do horário do almoço, mais todos foram rápidos, e nem vieram todos juntos e nem logo que cheguei em casa, alguns familiares só conheceram depois de 1 mês, outros depois de 10 dias, e como a maioria trabalha durante o dia todo apareciam aos fds de semana então tinha 5 dias para descansar

    Bjs Mi Gobbato
    http://espacodasmamaes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Realmente a mãe e o bebê precisa de um tempo para se adaptarem a nova rotina. E se a mãe não quer receber visitas ela deve ser respeitada. Concordo plenamente. E graças a Deus não fui e incomodada. Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Nunca tinha ouvido falar nesse termo, mas acho que tem esse verdadeiro significado.
    Acho que você tem razão em querer esse tempo, as visitas são cansativas e acabam sufocando.
    E tem mesmo essa necessidade de entrega total para o bebê, inclusive do papai e do mano.
    Bjinhos.
    www.prosaamiga.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Jamilly, tudo bem.
    Que delícia né, ter seu bebezinho nos braços...
    É uma pena, mas nem todas as pessoas são compreensíveis, e acabam sendo até inconvenientes.
    Acho certo as pessoas que tomam essa atitude, de pensar em si...
    Não sei se conseguiria, mesmo que quisesse, esse tempo, porque as pessoas não sabem respeitar, e as vezes quando anunciamos o nosso resguardo, acabam ficando chateadas... Mas enfim, eu compreendo perfeitamente, e respeito também...
    Tem gente que além de ir várias vezes, ainda chega em horários de refeições, e não vão embora... Difícil né, mas nessa vida tem de tudo...
    Bjs
    Ju

    ResponderExcluir
  5. Nós que somos mãe de segunda viagem (eu ainda não cheguei ao meu destino), sabemos muito bem como a mudança é grande. Mas sempre me falaram que o segundo é melhor. Vou esperar pra ver!

    http://www.arianebaldassin.com/

    ResponderExcluir

Amo quando você comenta! Sua opinião é muito importante e cada comentário muito especial!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...