Relato de parto - Samuel

Esse é um daqueles posts que vão ficando no rascunho há espera do momento ideal para ser terminado, pois bem esse momento chegou, encontro-me aqui sozinha no meio da noite, todos já dormem e enfim ele vai ao ar.


Passei a gestação inteira com um certo receio de ter outra perca gestacional, meses antes de engravidar do Samuel tive uma perca bem dolorida e essa dor me perseguiu por todos os 9 meses de gestação. Confesso que não curti como deveria ter curtido, mas amei demais gerar uma vida.

Em todas as consultas de pré-natal minha ginecologista conversou comigo sobre tentar um parto normal, mas apesar de ter lido muito do parto do Lucas para cá e me conhecendo melhor que ninguém optei por fazer novamente uma cesárea. Porém, diferente da do Lucas eu queria está no controle, eu queria sentir que estava no tempo certo e não só marcar uma data para ele nascer.

Com 35 semanas de gestação o Samuel já estava inquieto, já sentia muitas dores e ficava ali caladinha com medo, conversando sozinha com ele, pedindo que ficasse mais um pouco. Na semana 36 fui fazer um pequeno passeio no shopping com Lucas e o marido e não me sentir nada bem, fiquei extremamente cansada, com muitas dores e pontadas, acelerei o passeio e fomos para casa. Chegando percebi que tinha algo muito estranho na calcinha. As dores já estavam super fortes e minha coluna parecia que estava abrindo.

Na mesma noite liguei para minha médica que atendeu prontamente e me pediu para ir a emergência, fomos sem levar nada apesar de ela ter pedido para levar a bolsa do bebê. Lá fiquei sabendo que aquela coisa estranha na calcinha era o tal do tampão que estava começando a sair, mas o que me assustou bastante foi o aumento demasiado da minha pressão.

A todo o momento meu esposo se comunicava com minha médica pelo telefone que estava de plantão em um outro hospital. Fiz uma bateria enorme de exames que não apontaram motivos para preocupação com a pressão. O ginecologista da emergência me pediu repouso absoluto e uma consulta imediata com minha médica. Na segunda fomos até o consultório da GO e lá recebemos a confirmação pela ultrassom e toque que Samuel não demoraria para nascer. Nesse dia ela me perguntou bem mais de uma vez sobre minha escolha de parto.

No início da semana 38 as dores iam piorando cada vez mais a ponto de não conseguir andar, dormir e fazer qualquer atividade em casa e ele quis nascer e nasceu assim meio no susto. 

Antes de entrar na sala de parto revisei com minha médica todo o meu "programa de parto" que incluia segurar Samuel logo após o nascimento e assim foi, ele saiu da barriga e se aqueceu em meus braços, eu pude fazer o que não fiz do Lucas, segurei, cheirei e toquei sua pele macia. Permanecemos ali juntinhos por alguns minutos e ele começou a sentir frio e a pediatra pediu a autorização para fazer os procedimentos ali pertinho de mim. Ela foi maravilhosa, ia fazendo e me comunicando de tudo e o trouxe todo embrulhadinho novamente para mim.

Passando algum tempo meu esposo o levou para o berçário onde ele ficou até que eu fosse para o quarto. Quando cheguei ele já estava junto de mim mamando pela primeira vez.

Uma das minhas exigências foi não ficar topada, lembro que do Lucas não conseguia pensar, já do Samuel eu quis ficar acordada, quis ficar com ele nos braços, acho que tentei compensar as vezes que tentei esquecer por medo que estava grávida. 

Passamos a madrugada inteira juntos, fiquei com ele no colo e no seio por toda a noite, eu me sentia feliz e satisfeita e foi isso que importou naquele momento. Meu pós parto foi excelente, não senti dor como da outra vez e nem fui pega pela melancolia do pós parto.

Hoje, o baby já está para completar 7 meses, mas não podia deixar de vim aqui registrar esse dia tão especial.





6 Comentários:

  1. Nossa, gente, como andei sumida! Eu não sabia do Samuel! Parabéns!!!!

    ResponderExcluir
  2. Jamilly que relato emocionante,não existe momento mais especial que esse nè?
    Um super beijo!

    Blog Simples e Doce!
    http://simplesedocebyleh.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Lindo post, este é mesmo um momento mágico e marcante, só entende quem já viveu o nascimento de um filho.

    Beijos

    Quézia Silva
    kemuelesamuel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Parabéns, mamãe pelo principizinho Samuel. Que Deus continue abençoando
    com muita saúde e a vc e toda família. Bjs

    ResponderExcluir
  5. Lindo relato,acho que esse è o dia mais feliz das nossas vidas nè?
    Cade você?
    Beijo
    http://www.simplesedoce.com.br/

    ResponderExcluir

Amo quando você comenta! Sua opinião é muito importante e cada comentário muito especial!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...