Foz do Iguaçu com crianças





Em outubro do ano passado resolvemos fazer novamente uma viagem em família, a primeira após o nascimento do Samuel. Pesquisamos bastante um local agradável e atrativo para nossos meninos, mas também nos adultos.

Como moramos em uma cidade litorânea, decidimos mais uma vez fugir as praias que já estamos tão acostumados e enfrentar longas horas de avião em busca de novas paisagens. Foi assim que chegamos a conclusão de irmos para Foz do Iguaçu.

Como da outra vez que fomos para Gramado, resolvemos ir pela CVC que nos trás mais um conforto para ir com duas crianças pequenas. Temos passeios programados e com guias experientes que proporciona uma maior segurança ( não é propaganda, é meu relato).

  Foram longas horas de Fortaleza até o Paraná com direito a troca de avião e ficamos muito felizes com o comportamento dos meninos. Escolhemos ficar em um hotel bem no centro de Foz, pela praticidade de restaurantes, farmácias e até hospitais por perto. Nos hospedamos no Hotel Viale Tower, que por sinal é belíssimo, quartos grandes e aconchegantes, café da manha bem farto, vista lindíssima e privilegiada, piscina e restaurante. O único ponto que deixou a desejar foi o fato de não ter um apoio as mães com bebês, como cozinha aberta. Chegamos em baixo de bastante chuva o que atrasou bastante nossos passeios, chuva não combina muito com turismo e crianças. Assim nosso primeiro dia foi praticamente conhecendo as redondezas entre chuva e pausas. Incluímos em nossos passeios programações que agradasse Lucas e Samuel. Se íamos de manhã para algo voltado a eles , a tarde dávamos preferencia para algo que queríamos e a noite íamos dividindo entre as opções do nosso roteiro de viagem.

A noite do primeiro dia fomos conhecer a Duty Free que fica na fronteira entre Foz e Argentina, uma loja muito grande e bonita onde você pode comprar com real, mas pagando em dólar e sinceramente não achei os preços legais. É uma pena que não se pode fotografar a loja por dentro. Dentre algumas coisas que compramos na loja os chocolates foram os meus favoritos. 



Na manhã do outro dia fomos para um passeio free, o Zoológico de Foz do Iguaçu, que para nós foi o único passeio que deixou a desejar dentro da cidade. 


Não sei como está as condições hoje, mas ano passado achei meu derrubado e até perigoso, acho que não passamos 15 minutos por lá. Apesar de tudo é um local com bastante verde e natureza.

A tarde a chuva deu uma trégua e saiu o solzão lindo, aproveitamos para conhecer o complexo Dreamland onde em um local pode-se conhecer: O vale dos dinossauros, Museu de cera e Maravilhas do Mundo. 




Começamos pelos Vale dos Dinossauros, o passeio mais aguardado pelo Lucas, levamos cerca de 30 minutos para fazer o trajeto e no caminho encontramos esculturas gigantes de dinossauros e muitos se movem e emitem sons que os deixam bem reais. Seguimos para parte interna do complexo e visitamos o Museu de Cera, uma atração bem legal para quem vai acompanhado de crianças. Quem já teve o prazer de conhecer o Museu de Cera de Gramado, o de Foz é quase que idêntico.  Não temos muitas fotos lá, pois a câmera misteriosamente deletou quase todos os arquivos. 




A última parada nesse complexo foi no Maravilhas do Mundo, na minha opinião, um passeio que só vale a pena ir se for casado com os outros dois. 



Na noite do mesmo dia fomos dá um pulo no Paraguai, não quisemos ir durante o dia, pois nosso guia não aconselhou por estarmos com crianças: ruas lotadas e bem barulhentas. A noite fomos conhecer o shopping Paris, que é um verdadeiro espetáculo.  Bem diferente do que temos por aqui em Fortaleza, no próprio shopping possui o parque de gelo (não pudemos ir pois crianças somente acima de 3 anos), mas já tínhamos ido em Gramado e é maravilhoso. Além disso no shopping possui o Museu 3D e esse foi o verdadeiro sentido de termos ido até lá. Vale a pena cada centavo gasto com deslocamento e ingressos. O museu possui pinturas com efeitos 3D onde podemos fazer parte do cenário, o guia foi super simpático e nos ajudou a fazer várias fotos.






Enfim na manhã do próximo dia fomos conhecer as Cachoeiras do lado brasileiro, Samuel já estava bem cansadinho de tantas saídas e nesse dia deu um trabalhinho e ficamos pouquíssimo tempo apreciando a belíssima paisagem do local. 



Esse é um dos moradores das Cataratas, um bichinho que me causou muito espanto até chegar lá, pois li muito a respeito que podiam serem agressivos, mas foi tudo tranquilo, ele passeia livremente ao redor das pessoas e dizem que ele gosta de "roubar" comida, eu não presenciei nada parecido.



Esse sem dúvida é um passeio mais adulto, as crianças pouco curtem, pois é aqueles momentos que dá vontade ficar parado em silêncio somente observando. 

No caminho de volta demos uma parada no Parque das Aves, um local enorme e cheio de natureza, onde em muitos espaços as aves voam livremente entre os visitantes.



Nesse mesmo dia, que foi nosso último na cidade, fomos conhecer o Marco das Três Fronteiras, um local lindo, com uma estrutura perfeita para fotos, pena que choveu, choveu muito.  Praticamente passamos a noite toda dentro do restaurante do local. Para completar esquecemos a câmera no hotel e as fotos foram feitas no celular.


Bom, sem dúvida não houve arrependimento da cidade escolhida para irmos com os pequenos, o centro da cidade tem toda uma estrutura, pessoas educadas, restaurantes legais e até lanchonetes como MC Donalds. 




Jamilly Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Amo quando você comenta! Sua opinião é muito importante e cada comentário muito especial!!

Instagram